Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Estudos

PAM: Dez factos sobre a fome no Gana

| Editoria Estudos | 04/02/2015

-A / +A

Imprimir

-A / +A


(DR)

1. Pelo menos 25% dos habitantes do Gana vivem com menos de 1,25 dólares por dia.

2. Ainda que a fome tenha diminuido na parte norte do país, há grandes disparidades entre o norte e o sul. As comunidades no norte representam 63% do número de pessoas que vivem abaixo do limiar de pobreza no Gana.

3. No norte, cerca de 88% dos lares dependem da produção de cereais, enquanto no sul a maioria dos habitantes depende dos setores industrial e de serviços.

4. A maior proporção de lares em insegurança alimentar está no extremo este, onde 27% das famílias estão em risco de fome.

5. O Gana foi declarado país de rendimento médio em 2010, o que significa que o rendimento per capita está entre os 400 e os 4000 dólares.

6. 2014 não foi, de todo, o melhor ano para o Gana em termos económicos: o crescimento desceu de 14% em 2011 para 6% em 2013.

7. Apesar de globalmente o país ter crescido nos últimos anos, as três regiões mais a norte continuam a ser palco de subnutrição e insegurança alimentar.

8. As taxas de nanismo no norte, no extremo este e no extremo oeste são de 32, 36 e 25%, respetivamente – estando a média nacional nos 28%, e sendo os números nestas três regiões classificados como «graves» pela OMS.

9. O cedi ganense desceu 16% em relação ao dólar em 2013, e 17% em 2014.

10. A taxa de inflação no Gana em dezembro de 2014 foi de 17,12%.

[Fonte: PAM - Programa Alimentar Mundial]

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade