Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Sociedade

Marrocos: Rei Mohamed concede perdão a jornalista acusada de aborto ilegal

| Editoria Sociedade | 17/10/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O rei do Marrocos,Mohamed VI, indultou a jornalista Hajar Raissuni que havia sido sentenciada a um ano de prisão por “aborto ilegal” e manter relações sexuais fora do casamento.

A Jornalista negou as acusações e disse ter tido julgamento político e afirmou que havia sido tratada de uma hemorragia interna, informação  que o seu ginecologista confirmou no tribunal de Rabat.

 Além dela, seu namorado e a equipe médica detida junto com eles também receberam indulto.

A repórter do jornal árabe Ajbar Al Yaum, Hajar Raissuni, será libertada nas próximas horas assim como seu namorado e a equipa médicao detida junto com ela, disse à AFP uma fonte do governo.

Essas condenações provocaram  indignaçõeso nas redes sociais, na media e no exterior, com críticas de feministas e de defensores dos direitos humanos pela situação das liberdades individuais no reino de  Marrocos .

 

 

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade