Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Economia

Presidente do BAD saúda desempenhos macroeconómicos da Guiné Conakry

| Editoria Economia | 24/07/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O presidente do grupo do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwumi A. Adesina, saúda os desempenhos macroeconómicos registados na Guiné Conakry nos últimos três anos considerando-os “excelentes”.

Em declaração à imprensa, à sua chegada segunda-feira última, à noite, à capital guineense, para uma visita de 48 horas, Adesina precisou que em 2016, o crescimento é de seis por cento na Guiné-Conakry contra nove por cento assinalados no ano transato, antes de ultrapassar os 10 por cento em 2018.

"Nós devemos saudar estes desempenhos que demonstram a seriedade e o compromisso das autoridades de melhorarem para o bem-estar das populações”, regozijou-se o presidente do BAD.

Também se congratulou com “a exemplaridade” da cooperação entre o BAD e a Guiné Conakry.

Adesina, que acaba de  assistir à inauguração da sede-local da sua instituição na Guiné Conakry, acrescentou que haverá “encontros frutuosos” com o Presidente guineense, Alpha Condé, com quem, disse ter partilhado convergências de pontos de vista sobre várias questões de desenvolvimento.

Durante o fórum sobre as zonas económicas especiais, iniciado segunda-feira em Conakry, o representante do BAD no país, Leandre Bassolé, disse que, no período 2018-2022, a instituição financeira vai injetar mais de 200 milhões de dólares americanos nos setores da energia e da agricultura na Guiné-Conakry.

Para a construção da estrada Boké-Quebo na Guiné Conakry e na Guiné-Bissau, (corredor rodoviário transafricano N.º 7), de 107 quilómetros de comprimento, lançada em junho último, o BAD contribuiu com 36 milhões euros duma soma global de 76 milhões necessários.

A cooperação entre a Guiné Conakry e o BAD remonta a 1974, e desde então, a instituição financeira possui uma carteira de projetos, largamente dominada pelos setores das infraestruturas rodoviárias, da energia e da agricultura.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade