Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Rádio

Publicidade

Sociedade

Morreu Marcel Alain De Souza, ex-presidente da Comissão da CEDEAO

| Editoria Sociedade | 18/07/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O ex-presidente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), o Beninense Marcel Alain de Souza, aos 66 anos de idade, morreu quarta-feira última em Paris, na França, de acordo com um comunicado oficial da instituição.

"O presidente da Comissão da CEDEAO, Jean-Claude Kassi BROU, lamenta profundamente ter de anunciar a morte súbita da Sua Excelência, Marcel Alain De Souza, ex-presidente da Comissão da CEDEAO, a 17 de julho de 2019, em Paris, na França", lê-se no comunicado.

Nomeado pelo Benin, no final da 48.ª sessão ordinária da Assembleia dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), a 17 de dezembro de 2015, em Abuja, na Nigéria, Marcel A. de Souza liderou a organização sub-regional de 8 de abril de 2016 a 28 de fevereiro de 2018.

Nascido a 30 de outubro de 1953 em Pobé, Benim, o ex-presidente da Comissão da CEDEAO tem um mestrado em economia pela Universidade de Dakar, no Senegal, e um Diploma de Estudos Superiores Especializados (DESS) em Administração e Banca pelo Centro Oeste-africano de Formação e Estudos Bancários (COFEB).

Exerceu sucessivamente as funções de fiscalizador interno na Agência Principal do Banco Central dos Estados da África Ocidental (BCEAO) em Cotonou, diretor nacional do BCEAO para o Benin, depois diretor dos Assuntos Administrativos na sede da mesma instituição financeira em Dakar, no Senegal.

No Benin, ele foi deputado na Assembleia Nacional, chefe do Departamento de Assuntos Económicos e Financeiros na Presidência da República, e, depois, conselheiro especial responsável pelos Assuntos monetários e bancários do Presidente da República.

Foi também ministro do Desenvolvimento, Análise Económica e Perspetiva, de maio de 2011 a junho de 2015.

A Comissão da CEDEAO apresenta as suas condolências à família ds ilustre defunto, bem como às autoridades beninenses.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade