Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Política

Pelo menos 29 pessoas mortas em um ataque na Somália

| Editoria Política | 15/07/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

As forças de segurança da Somália puseram fim a um ataque perpetrado pelo grupo terrorista Al Shabab na cidade portuária de Kismayo, no sul do país, em que pelo menos 29 pessoas foram mortas e cerca de 55 ficaram feridos.

“ A operação acabou. Os quatro agressores morreram depois de serem atingidos”, disse o comandante da polícia Mohamed Abdi. Entre os mortos estão dois americanos, um britânico, um canadense, três quenianos e três tanzanianos.

Fontes de segurança citadas pelo portal de notícias Garowe Online apontam que entre as vítimas estão o ex-ministro regional Farid Yama e o candidato para as próximas eleições presidenciais em Jubaland Mohamed Ismael Shakur.

O ataque começou com a explosão de um carro-bomba em frente a um hotel, onde foi realizada uma reunião entre parlamentares e líderes políticos, após a qual vários homens armados invadiram o local.

As forças de segurança conseguiram evacuar vários parlamentares e líderes locais. A reunião foi realizada em face as eleições locais que aconteceram em agosto.

Por sua vez o presidente da Somália, Mohamed Abdullahi Mohamed, popularmente conhecido por Farmajo, expressou suas condolências aos parentes das vítimas.

“ Este ataque terrorista na cidade de Kismayo reflete os inimigos dos somalis que tentam desestabilizar toda a nossa nação”, disse o Presidente.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade