Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Rádio

Publicidade

Sociedade

África do Sul: Enchentes fazem 51 morto

| Editoria Sociedade | 24/04/2019

-A / +A

Imprimir

-A / +A

As chuvas torrenciais e deslizamentos de terra deixaram pelo menos 51 mortos nos últimos dias, na parte leste da África do Sul, local em que visitou nesta quarta-feira,24, o presidente Cyril Ramaphosa.

"Nossos pensamentos estão com todas as famílias e comunidades que perderam entes queridos, que foram feridos e que perderam suas propriedades", disse o presidente Ramaphosa em um comunicado divulgado em seu retorno do Egito na terça-feira onde participou da reunião que analisou a crise na Líbia e no Sudão.

"A situação nos obriga a reunir toda a nação para ajudar todos aqueles que foram afectados", acrescentou o presidente, enquanto as autoridades locais relataram vítimas durante a noite.

"Infelizmente, o número de mortos subiu para 51", disse Nomusa Dube-Ncube, ministra dos assuntos locais na província de KwaZulu-Natal, a mais afectada pelo incidente, depois de se referir a 33 mortos na noite de terça-feira.

As equipas de socorro continuaram seus esforços para limpar os deslizamentos de terra que afectaram a província, particularmente em Durban, a principal cidade de Kwazulu-Natal.

Muitos prédios foram destruídos, estradas foram inundadas, linhas de energia foram cortadas e os sistemas de esgoto foram muitas vezes sobrecarregados, disseram as autoridades locais. Soldados foram destacados para auxiliar serviços de socorro nas áreas mais afectadas.

As chuvas afectaram todo o sul e leste da África do Sul desde o fim-de-semana. Os serviços meteorológicos sul-africanos alertaram para a continuação até quarta-feira deste episódio de precipitação, afectando especialmente as zonas mais baixas do país.

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade