Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Ambiente

Governo moçambicano estende por mais 25 anos contrato de gestão do Parque da Gorongosa

| Editoria Ambiente | 06/09/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O Governo moçambicano aprovou a extensão por mais 25 anos do contrato de gestão conjunta do Parque Nacional da Gorongosa (PNG) com a Fundação Carr, como resposta ao crescimento que a área protegida tem vindo a registar.

Em conferência de imprensa no final da sessão do Conselho de Ministros, o porta-voz deste órgão, Mouzinho Saíde, afirmou que a decisão visa permitir que o Governo e a fundação do filantropo norte-americano Gregory Carr acompanhem o crescimento do ecossistema e investimentos no setor turístico do principal parque natural moçambicano, situado na província de Sofala, centro do país.

"Há um crescimento da área geográfica da gestão conjunta, da fauna bravia, da consciência das comunidades sobre a importância do parque e do turismo", afirmou Saíde.

O primeiro contrato de gestão conjunta do PNG e a Fundação Carr foi firmado em 2007 com a vigência de 20 anos.

A Fundação Carr tem apostado na reposição da população animal, dizimada em 90 por cento durante os 16 anos de guerra civil, que terminou em 1992.

Além de ser um santuário de várias espécies da fauna e flora, o PNG tem-se assumido como um centro de investigação da vida animal e vegetal, atraindo cientistas internacionais para pesquisas.

Redação com agência

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade