Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Agosto de 2019

ÁFRICA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA EM ÁFRICA, UMA BOMBA AO RETARDADOR

ÁFRICA

O PARADIGMA PARTICULAR DA DEMOGRAFIA VERSUS DESENVOLVIMENTO

ANGOLA

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA UMA BOMBA DE EFEITO RETARDADO

EUROPA

O PESADELO DEMOGRÁFICO QUE ASSOMBRA A EUROPA

MOÇAMBIQUE

POR ALGUNS DÓLARES MAIS

MUNDO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS PODEM ENGENDRAR “APARTHEID GLOBAL”

VENEZUELA

O CAPCIOSO RELATÓRIO BACHELET

ÁFRICA

RUMO A UMA ÁFRICA INTEGRADA E PRÓSPERA

Ambiente

ONU alerta para ameaça de inundações na África austral

| Editoria Ambiente | 20/08/2016

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A África austral necessita de ajuda humanitária urgente para evitar um novo ano de penúrias alimentares devido às inundações que ameaçam a região após uma grave seca, alertou a ONU.


DR

A África austral sofre há dois anos com os efeitos devastadores do El Nino, esta corrente climática que perturba o ritmo das chuvas e que trouxe uma seca severa na região.

Dezoito milhões de pessoas carecem actualmente de ajuda alimentar na região austral de África, segundo o Programa Alimentar Mundial (PAM).

E este ano, há outro fenómeno climático inverso, La Nina, que se poderá abater sobre a região, trazendo fortes chuvas e consequentemente potenciais inundações.

"La Nina traz boas e más notícias. A boa notícia é que receberemos precipitações superiores à média e que são normalmente sinónimo de boas colheitas para os agricultores", explicou à AFP Lewis Hove, coordenador das questões agrícolas da Organização da ONU para a alimentação e agricultura (FAO).

Segundo Chris Nikoi, o chefe do PAM para a África austral, os agricultores devem "plantar cedo" para beneficiar plenamente das chuvas.

"Mas estas precipitações vão conduzir a inundações e à saturação dos solos em certas zonas da região", adverte Lewis Howe.

Tais inundações podem revelar-se trágicas para muitos países, cujos governos lutam já para ajudar os seus agricultores.

Redação com agência

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade