Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Dezembro de 2016

ESTADOS UNIDOS

“Surprise”! E o vencedor foi... Donald Trump!

ANGOLA

“O problema que estamos com ele”

MUNDO

Uma luta “irreversível”

MOÇAMBIQUE

Recuperar a confiança, precisa-se

Rádio

Publicidade

+ Angola

Falta de assistência alimentar constitui violação dos direitos da criança

| Editoria + Angola | 01/06/2014

-A / +A

Imprimir

-A / +A

O responsável do Instituto Nacional da Criança (INAC), Ananias da Costa, disse ontem que um dos direitos da criança mais violados no município do Cazenga, em Luanda, tem sido a falta de assistência alimentar.

Ananias da Costa afirma que existem pais que se escusam a prestar assistência alimentar aos filhos
Arquivo África21

Em declarações à agência Angop a propósito do Dia Internacional da Criança, que se assinala hoje, disse que existem pais que se escusam a prestar assistência alimentar aos filhos.

Face a esta situação e de forma a salvaguardar os direitos dos mais pequenos, o INAC tem realizado campanhas de sensibilização em instituições públicas, igrejas e comunidades, com vista a aconselhar as pessoas sobre os direitos consagrados às crianças.

Ananias da Costa disse que as discussões promovidas têm-se debruçado sobre a assistência médica, a identidade e acções que violam o estatuto dos menores em Angola. Afirmou estarem agendadas para os dias da Criança e da Criança Africana (hoje e dia 16 deste mês, respectivamente) actividades sócio-culturais com líderes religiosos e comunitários.

Hoje terá lugar uma festa de confraternização com crianças vulneráveis e uma palestra com o tema “prestação de alimentos”. O encontro servirá igualmente para apelar à aproximação dos lideres comunitários às famílias de forma a estas serem informadas sobre os perigos e causas da falta de prestação de alimentos e de identidade na criança.

Estão ainda previstas palestras sobre a violência na escola, dirigidas a alunos e professores.

Redação com Agência

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade