Publicidade

Publicidade

Publicidade

África 21 OnlineÁfrica 21 Online

Registre-se na nossa newsletter e mantenha-se informado.
África 21 no Facebook

África 21 Online

Pesquisa

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook

Edição Impressa

Edição do Mês

Destaques da edição de Setembro de 2017

ÁFRICA

Oposições e renovação política em África

ANGOLA

Para bom entendedor

GUINÉ-BISSAU

Acode, ninguém acode!

BURKINA FASO

Bodas de prata do FESPACO

Rádio

Publicidade

Cultura

São Tomé e Príncipe organiza primeira gala STP Music Awards

| Editoria Cultura | 15/03/2015

-A / +A

Imprimir

-A / +A

A primeira edição dos prémios de música de São Tomé e Príncipe tem lugar no próximo dia 4 de julho, com a realização da gala de entrega dos galardões, em onze diferentes categorias, anunciou hoje a organização, na apresentação da iniciativa.

Aos prémios podem concorrer trabalhos produzidos nos últimos cinco anos
(DR)

Os prémios de música de São Tomé e Príncipe (STP Music Awards) surgiram de uma parceria entre a empresa de eventos são-tomense Organizer e a promotora dos Angola Music Awards, a Menor, envolvendo igualmente entidades públicas e privadas do país.

«dezembro é o mês das comemorações do 40.º aniversário da independência de São Tomé e Príncipe e achámos que faria sentido tentar colocar um projeto desta envergadura nessas comemorações», disse o diretor-geral da Organizer, Wando de Castro.

Aos prémios podem concorrer trabalhos produzidos nos últimos cinco anos.

Para os organizadores, os objetivos principais são é a divulgação e a afirmação dos valores musicais de São Tomé e Príncipe. «A cultura é sempre um “parente pobre”, e São Tomé e Príncipe não é exceção. Daí que tenhamos decidido realizar esta gala, para, de certa forma, apoiar e estimular uma maior produção musical no país», acrescentou Wando de Castro.

Guilherme Carvalho, da Associação dos Músicos São-tomenses (Assomusicos), considera a iniciativa «uma mais-valia para a promoção dos valores culturais das ilhas».

A atribuição dos prémios passará a ter periodicidade anual e a organização acredita que a iniciativa pode vir a constituir um instrumento importante de divulgação da música são-tomense além-fronteiras. «Acaba por ser uma janela [de oportunidade], porque nós temos uma plataforma bem montada, de maneira a conseguir, com os nossos parceiros da comunicação social internacional, mostrar ao mundo que São Tomé tem bons músicos e que a cultura está a desenvolver-se», sublinhou, por seu lado, o representante da Angola Music Award, Daniel Mendes.

Redação com Agência

Imprimir

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Siga o portal África 21

Feed RSS Twitter Facebook
África 21 Online

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade